img_Header_logo

"É bom que você entenda que arte - e aqui me refiro especificamente à música - não é uma questão de gosto. Temos de exercitar nossa compreensão, ou seja, é preciso que nosso entendimento emocional seja bem desenvolvido, através da nossa sensibilidade"

Olmir Stocker "Alemão"

Edu Lobo por Bernardo Lobo

"Nasceu Só me fez bem", a primeira parceria dos dois.(Vinícius de Moraes) Edu guardou a letra dentro do sapato e voltou pra casa radiante.

Compositor, cantor, instrumentista, arranjador, produtor.

Por que Edu Lobo é considerado e respeitado como um dos maiores compositores da música popular brasileira?

Sua obra é vasta e das mais ricas e Edu talvez seja o compositor que tenha navegado em mares mais diversos da música brasileira, sempre com categoria e uma assinatura tão própria e sofisticada.

Ele ganhou festivais de músicas com canções populares, como Arrastão e Ponteio, ganhou prêmio de melhor arranjador, lançou muitos discos ao longo de 55 anos de carreira, escreveu trilhas para ballet, teatro, cinema, programas infantis, séries de televisão, enfim, colocou a sua música à serviço de muitas outras formas de arte.

Escreveu o seu songbook todo à mão, foi o único compositor da música brasileira a fazer isso.

Muitas canções suas fizeram sucesso e foram e são gravadas por muitas cantoras e cantores e músicos do mundo todo, desde Sarah Vaughan, Paul Desmond, passando por Elis Regina, Maria Bethania, Gal Costa, Hermeto Pascoal, até chegar a nova geração com Maria Rita, Ana Carolina, Roberta Sá e Seu Jorge.

Teve muitos parceiros letristas: com o primeiro, Vinicius de Moraes tem uma história curiosa; quando se conheceram numa  festa, Vinicius perguntou a Edu se ele não tinha um sambinha novo, e por sorte tinha e o mostrou ali na hora e o poeta escreveu a letra no mesmo instante.

Nasceu Só me fez bem, a primeira parceria dos dois.

Edu guardou a letra dentro do sapato e voltou pra casa radiante. No dia seguinte quando acordou, se deu conta que era parceiro do Vinicius de Moraes.

Aquilo foi definitivo pra ele largar a faculdade de direito na PUC e entrar de cabeça na carreira de músico.

Também fez diversas parcerias com Paulo César Pinheiro, Chico Buarque, Aldir Blanc, Gianfrancesco Guarnieri, Abel Silva

Dividiu um disco inteiro com seu maior ídolo e amigo, Antonio Carlos Jobim, o clássico album Edu e Tom

Esse disco tem uma curiosidade também: em seu projeto inicial era um disco de Edu com convidados, e o primeiro a gravar foi o Tom.

Quando terminou a gravação, ele virou pro produtor Aloisio de Oliveira e disse: Mas é só essa? Quero mais!

Edu e Aloisio se olharam e a história toda mudou….um disco tinha acabado de nascer, metade canções de Edu e metade canções de Tom.

Com Chico Buarque, Edu fez uma grande e inspirada parceria quase sempre ligadas a projetos de teatro, ballet, cinema.

Fizeram um dos discos mais cultuados da MPB

“O Grande Circo Mistico”

De lá, sairam belíssimas e inesquecíveis canções como: Beatriz, A História de Lily Braun, Na Carreira, entre outras.

Juntos fizeram mais de 50 canções e ganharam um Latin Grammy com o disco do musical Cambaio

Edu aos 75 anos continua a lançar discos e novos projetos ainda estão por vir.

Recentemente gravou e lançou um disco com seus amigos Marcos Valle e Dori Caymmi e ainda o projeto “Dos Navegantes”com Romero Lubambo e Mauro Senise que lhe rendeu um  Latin Grammy de melhor álbum de MPB de 2018

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Bernardo Lobo

Bernardo Lobo

Bena Lobo é um compositor, cantor e violonista brasileiro. É filho do cantor e compositor Edu Lobo e da cantora Wanda Sá, e neto do compositor Fernando Lobo. Bernardo Lobo é um compositor em sintonia com o seu tempo. Produz uma música original, contemporânea, a partir dos elementos brasileiros que formaram a sua cabeça. É uma mistura empolgante e sofisticada de samba, baião, ciranda, afoxé e xote que caracterizam o seu trabalho e estão presentes nos cinco álbuns que já foram lançados: Nada Virtual em 2000, Sábado em 2006, Sábado ao vivo em 2008, Valentia em 2012 e C’ALMA em 2018. Tem parcerias com: Milton Nascimento, Paulo César Pinheiro, Marcos Valle, Seu Jorge, Joyce, Pedro Luís , Moyseis Marques, Abel Silva, Susana Travassos, entre outros nomes da música. Spotyfy link: https://open.spotify.com/artist/7lBRwWTYY7m5ahCcu7jj8W?autoplay=true&v=A

Converse com a gente!

Envie sua mensagem, crítica, sugestão ou elogio.

© 2009/2019 BIM | Brazilian Instrumental Music – Todos os direitos reservados.

É proibida a cópia ou reprodução total/parcial do conteúdo do site, não importa a mídia, sem autorização prévia da direção.