img_Header_logo

"É bom que você entenda que arte - e aqui me refiro especificamente à música - não é uma questão de gosto. Temos de exercitar nossa compreensão, ou seja, é preciso que nosso entendimento emocional seja bem desenvolvido, através da nossa sensibilidade"

Olmir Stocker "Alemão"

Discos de cabeceira: Weather Report “Mysterious Traveller”

Weather Report mostra que o todo é maior que a soma de suas partes, ninguém sobra, cada um complementa, acrescenta

Weather Report mostra que o todo é maior que a soma de suas partes, ninguém sobra, cada um complementa, acrescenta. Nessa faixa o que já se destaca e marca toda a música é a linha groove, funky, do baixo do estreante Alphonso Johnson, co-autor da música. A música vai discorrendo como se fosse uma Jam, com a percussão nervosa do brasileiro Dom um Romão e do americano com ascendência Porto Riquenha Ray Barreto, criando um clima contagiante, hipnótico, quase ritualístico de alguma seita. Wayne Shorter dá o tom mais cerebral, com um solo econômico, de notas espaçadas que vai num crescendo até uma nota longa e empolgante definir o clímax na música.

Essa foi a faixa que mais chamou minha atenção nas primeiras audições e por muito tempo só colocava o disco para ouvir Cucumber Slumber, posteriormente descobri as outras faixas, o que fez desse álbum um dos meus favoritos da Banda e que foi o ponto de partida para descobrir outras bandas como Mahavishnu Orchestra e Return to Forever. O álbum deu “poder” à banda, que já tinha reconhecimento internacional, era convidada para festivais e ganhou alguns prêmios, mas principalmente trouxe confiança, sem falsas modéstias, sabiam do seu potencial e que ainda poderiam ir mais longe.

O quarto  álbum da banda marcou um novo ciclo, uma nova direção, interessante dizer que a troca dos baixistas coincidem com as mudanças de rumo da banda, que mudaria novamente com a entrada de Jaco Pastorius e começou com o baixista nascido em Praga, Miroslav Vitous, que foi o músico nos três primeiros álbuns.

Me pergunto como seria ter um guitarrista como membro permanente. Carlos Santana tocou no Álbum “This is this” mas segundo Zawinul, a química do grupo seria destruída se fosse acrescentado mais um instrumento melódico, acho que  ele não queria  um guitar hero no grupo disputando a atenção.

Joseph Zawinul nunca deixou que  o uso excessivo de tecnologia superasse  o calor humano e olha que  ele sempre tinha uma parafernália à sua disposição.

Esse disco é um bom ponto de partida para  conhecer   toda a obra do WR, é uma caminhada longa  mas gratificante, você irá se surpreender com os timbres ,texturas e ritmos, que  o levarão à paisagens misteriosas. Aproveite a viagem.

 

*A capa do Disco, um cometa passando sobre Madagascar, foi em referência ao cometa  Kohoutek  que cruzou nosso espaço em 1973  e como não se sabia sua origem foi feita uma analogia com o também misterioso surgimento da vida na Terra, o que faz de ambos, “viajantes misteriosos”

 


Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
João Carlos Fávaro

João Carlos Fávaro

Produtor Executivo (BIM – Vinil Review – Na Agulha do Vinil) Dos meus discos de Vinil acumulados em muitos anos de garimpagem em lojas, feiras e recentemente pela internet e acreditar no poder transformador da música, é que resolvi criar esse projeto de divulgação e valorização da música e de quem faz a música. Atrás de um grande álbum tem toda uma história de dedicação de pessoas. Do músico que passou anos se dedicando ao seu instrumento, do Produtor, do Engº de som, enfim.... teve a contribuição de muita gente. Comecei com uma ideia e a disposição de tirá-la do papel, daí surgiram os projetos Vinil Review de qual sou cofundador, Na Agulhado Vinil e agora o BIM. Só consegui isso pela dedicação e amor pela música de nossos parceiros.

Converse com a gente!

Envie sua mensagem, crítica, sugestão ou elogio.

© 2009/2019 BIM | Brazilian Instrumental Music – Todos os direitos reservados.

É proibida a cópia ou reprodução total/parcial do conteúdo do site, não importa a mídia, sem autorização prévia da direção.