img_Header_logo

"É bom que você entenda que arte - e aqui me refiro especificamente à música - não é uma questão de gosto. Temos de exercitar nossa compreensão, ou seja, é preciso que nosso entendimento emocional seja bem desenvolvido, através da nossa sensibilidade"

Olmir Stocker "Alemão"

Discos de Cabeceira – Weather Report “Heavy Weather”

Na década de 80 fui assistir o Weather Report no Free Jazz Festival no RJ; No final do show estava nos camarins ;  Jaco já tinha saído, o seu baixo Fender Jazz Bass 1962  veio passando de mão em mão para ser entregue a ele, e tive a honra de entregá-lo em suas mãos.

O LP Heavy Weather, entre vários da banda Weather Report , foi um dos marcos na história do Jazz Fusion instrumental. Lançado em março de 1977 pela Columbia Records, teve um grande impacto sobre os músicos e admiradores da música, numa inédita escala mundial, e foi vencedor do prêmio Grammy.

Cheio de improvisos baseados na liberdade do Jazz, levadas beirando ao rock, numa atmosfera livre que não cansa. A formação da banda tinha uma daquelas “conjunções”  maravilhosas de sintonia de vibes musicais de músicos espetaculares como o lendário saxofonista Wayne Shorter, tocando literalmente “na alma” através de notas sob medida com vigor e profundidade transcedental.

O tecladista Joe Zawinul, desfilando timbres exclusivos de sua própria criação em sintetizadores como Arp 2600, arranjos e harmonias inovadoras à frente de seu tempo, o baterista Alex Acuna e o percussionista Manolo Badrena dando um show rítmico a parte, e finalmente o gigante Jaco Pastorius arrasando no baixo “fretless” ( o qual ele inventara ao retirar as trastes ) com seu timbre e harmônicos inconfundíveis. Jaco mereceria um capítulo à parte, pois colocou sua performance, musicalidade, novas ideias musicais no baixo, no centro dos holofotes.

“Heavy Weather” ouçam um pouco disso na sua composição “Havona” A musica “carro-chefe” é a famosa “Birdland” de Zawinul, considerada uma das 100 melhores músicas de jazz de todos os tempos;

A banda Weather Report foi revolucionária, e “Heavy Weather” é daqueles raros trabalhos que transcendem ao tempo,  sempre atuais onde a cada nova audição, algum detalhe novo, seja na performance, arranjos e técnica de gravação, é percebido.Até a capa é espetacular!

Curiosidade

Na década de 80 fui assistir o Weather Report no Free Jazz Festival no RJ; No final do show estava nos camarins ;  Jaco já tinha saído, o seu baixo Fender Jazz Bass 1962  veio passando de mão em mão para ser entregue a ele, e tive a honra de entregá-lo em suas mãos.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Michel Freidenson

Michel Freidenson

Considerado um dos grandes Pianistas do Brasil, Michel Freidenson é compositor, produtor, tecladista e arranjador. Fundador do lendário grupo instrumental “ZonaAzul”, participou da efervescência do movimento instrumental brasileiro, nos anos 80. Ao longo de sua carreira, Michel tem gravado e participado de shows no Brasil e pelo mundo, com grandes artistas como: Hermeto Pascoal, Djavan, Pichú Borrelli, Filó Machado, Lael Medina, Ana Caram, Márcio Montarroyos (i.m), Fafá de Belém, Ivan Lins, Bocato, Léa Freire, Teco Cardoso, Duda Neves, Sizão Machado, Candido Serra, Lô Borges, Raul de Souza, Ivan Lins, Tim Maia (i.m.), Jane Duboc, Leny Andrade, Badi Assad, Corciolli, André Christovão, Thys Van Leer e Bobby Jacos & Grupo Focus, Edú Santhana, entre muitos outros, além de ter reconhecimento internacional com seu “Michel Freidenson Trio”

Converse com a gente!

Envie sua mensagem, crítica, sugestão ou elogio.

© 2009/2019 BIM | Brazilian Instrumental Music – Todos os direitos reservados.

É proibida a cópia ou reprodução total/parcial do conteúdo do site, não importa a mídia, sem autorização prévia da direção.